GTM-NHZSN55
 

Intradermoterapia Facial

A partir dos 25 anos é visível os sintomas que a pele começa apresentar, com a diminuição do viço, além das primeiras linhas de expressão. Uma forma de tratar o processo natural do envelhecimento cutâneo, é optar pela intradermoterapia ou mesoterapia facial que consiste na aplicação de injeção de fármacos bem diluídos na área que necessita de cuidados.

Compostos combinados como ácido hialurônico, DMAE, colágeno, elastina, vitamina C, dentre outros, diretamente na derme através de pequenas punturas. A combinação de compostos é feita dependendo da condição a ser tratada (por exemplo: flacidez, sulcos e linhas finas, melasma, etc).

A intradermoterapia ou mesoterapia facial, é capaz de melhorar a qualidade da pele, a hidratação e o tônus dos tecidos profundos da face, além da melhora imediatamente de sulcos e rugas finas.  A continuidade do tratamento estimula a produção de colágeno, justificando o tratamento de dentro para fora proporcionado pela técnica.

 

O PROCEDIMENTO

Consiste na aplicação da substância indicada, com o uso de agulhas finas com a técnica para atingir a derme (intradérmica) ou subcutânea, a uma distância entre 1cm e 4cm de uma aplicação para a outra.

O plano de tratamento geralmente envolve de 3 a 10 sessões de aplicação. As sessões costumam ser rápidas, demorando no máximo 30 minutos.

 

INDICAÇÕES

A intradermoterapia facial é indicada para mulheres e homens a partir dos 25 anos de idade que já apresentem sinais de envelhecimento. A intradermoterapia tem indicações em casos em que se busca melhorar a qualidade da pele, aumentar a sua hidratação, bem como o tônus dos tecidos mais profundos da face.

CONTRAINDICAÇÕES

1.    Gestantes;

2.    Lactantes;

3.    Indivíduos com doenças autoimunes;

4.    Alérgicos a algum componente da melange e;

5.    Indivíduos com irritação de pele.